SupinoO exercício desenvolvimento na posição supinada, é popularmente chamado de SUPINO entre os praticantes de exercício resistido. Também é considero o exercício mais específico e eficiente para trabalhar o grupamento muscular do peitoral.

No entanto, um grande erro disseminado entre os praticantes e alguns profissionais é de que esse exercício de empurrar trabalha “apenas” ou prioritariamente os músculos do peitoral, e esquecem a demais musculaturas que atuam tanto primariamente quanto secundariamente no movimento.  

Supino x Deltoide

Fica simples de entender que por estar completamente ligado ao peitoral maior, o deltoide com suas fibras anteriores com “origem” a 1/3 da clavícula e acrômio, e “inserção” no úmero, participa de forma ativa e primária dos exercícios com movimentos de empurrar, igualmente ao peitoral. 

Com isso, dizer que nos exercícios de supino (empurrando a barra) são apenas exercícios para os músculos do peitoral “pegando” apenas um pouco de deltoide, deverão verificar que o DELTOIDE em suas FIBRAS ANTERIORES, é solicitado juntamente com o peitoral como observado no estudo realizado por Rocha Júnior et al (2006). 

Em virtude disto, embora o supino seja um exercício consideravelmente simples e, de fácil aplicação, sugiro que tomem cuidados (profissionais) na hora de periodizar os treinos de seus alunos/clientes, para não sobrecarreguem o deltoide desses e, o que aumentaria significativamente a possibilidade de lesão devido ao excesso de trabalho na articulação glenoumeral.

Você gostou da dica? Então siga o Professor José Nunes da Silva Filho.

Referência
ROCHA JÚNIOR, V.A. et al. Comparação entre a atividade EMG do peitoral maior, deltoide anterior e tríceps braquial durante os exercícios supino reto e crucifixo. Rev. Bras. Med. do Esporte, 2007,13.1:51-54.