rendimentoNão adianta passar horas na academia se você não está treinando de forma correta. Algumas dicas, principalmente se elas forem dadas por quem entende do assunto, ajuda, e muito, a conseguir o treino perfeito. Vejam uma lista com 10 atitudes fundamentais para quem está na busca pela boa forma e bom rendimento.

1 – Use o peso ideal: Pode até ser intimidante se aventurar no chão da sala de musculação, especialmente quando ele está cheio de pessoas, mas saiba que você não está fazendo nenhum favor a si mesmo por ficar no canto com os halteres levinhos. Você deve utilizar o peso que lhe convém, isto é, dentro dos seus limites. 

2 – Tenha um plano de exercícios: Você quer perder 10 quilos? Correr mais? Ou tornar-se mais flexível? Há planos de treino especial para cada um dos citados, e eles não são iguais. Se você não tem um plano de exercícios para resolver as suas necessidades maiores de fitness e seus objetivos ou desejos, infelizmente você não terá melhoras significativas para os mesmos. Tenha sempre um plano de treino e que este seja feito por um profissional capacitado. Sempre mude seu treino cada 2 ou 3 meses no máximo.

3 – Esforce-se o suficiente: Você pode ter acabado de passar 2 horas na academia, mas como grande parte desse tempo foi bem aproveitada? Ok, o fitness deve ser divertido, mas se a sua rotina em conjunto envolve a leitura de uma revista, é provável que você não esteja vendo os resultados desejados. No início do exercício ele pode parecer insuportável, mas uma vez que seu corpo aprende como fazer vários movimentos do exercício e sua força e resistência melhoram, é hora de atualizar o seu programa. Vez por outra, pesquisas mostraram que o aumento para níveis mais vigorosos de atividade promovem benefícios para a saúde.

4 – Tire proveito dos profissionais: Não tenha vergonha de recorrer a preparadores físicos, fisioterapeutas, nutricionistas, médicos etc. Eles são hábeis para determinar algumas necessidades que você pode ter, que não são óbvias, mas poderia impedi-lo de fazer progressos ou, eventualmente, causar-lhe lesão. Isto é especialmente importante se seu objetivo for perda de peso.

5 – Dê uma chance a novos músculos: As pessoas gostam de trabalhar os músculos que são mais fáceis de ver no espelho, como peitorais, abdômen, quadríceps, mas uma coisa é certa, elas não podem ignorar os músculos da região posterior do corpo, como costas e posterior de coxa, por exemplo, e até mesmo os músculos em torno da coluna vertebral. Deve-se haver um equilíbrio e uma harmonia entre todos os músculos do corpo. 

6 – Preste atenção nos ossos: É importante fazer exercícios com peso para ajudar a proteger seus ossos fim de trazer os benefícios da densidade óssea. Faça exercícios de impacto (musculação) para melhorar a densidade óssea, fortalecendo assim os ossos e evitando lesões (fraturas, contraturas) dos mesmos.

7 – Faça treinamento unilateral: Toda vez que você usa leg press, flexora ou extensora, por exemplo, normalmente você trabalha as duas pernas juntas ao mesmo tempo. Mas será que há algum problema nisso? Problema, problema mesmo não. Mas isso pode estar causando alguns desequilíbrios musculares em seu corpo. A maioria das pessoas não tem aptidão muscular igual em ambas as pernas, e quando se exercita ambas as pernas juntas, a mais forte tende a naturalmente fazer um pouco mais do trabalho, e claro, ficar mais fortalecida. Procure usar menos peso e fazer um trabalho isolado, ou melhor, unilateral em cada perna, e posteriormente as duas pernas ficarão com forças semelhantes.

8 – Faça trabalho aeróbio (cardiorrespiratório): Procure fazer esteira, bicicleta, elíptico, aulas de ginástica, pois melhoram o rendimento esportivo (principalmente em corredores), o condicionamento físico geral, a resistência muscular e a resistência cardiorrespiratória. 

9 – Alongue-se: Alongue-se sempre. Todas as pessoas deveriam se alongar pelo menos três vezes por semana.

10 – Mude o sentido: Alterar a direção é outra ótima maneira de mudar o seu trabalho cardíaco para obter melhores resultados. Se você sempre avança para frente na esteira, elíptico ou bicicleta procure mover para os lados e para trás também, isto é bom, pois há um maior recrutamento de fibras musculares de outros músculos, por exemplo, mover-se pra frente há um maior recrutamento de fibras dos quadríceps e das panturrilhas, mover-se para trás há um maior recrutamento de fibras dos músculos do quadril, mover-se de lado há um maior recrutamento de fibras dos adutores e abdutores. Não quer dizer, que se você apenas se mover para frente não haverá recrutamento dos músculos do quadril ou dos adutores e abdutores, haverá sim, mas é sempre bom dá uma variada nos treinos. 

Considerações finais
Não sei se vocês vão seguir todos esses 10 fundamentos, mas que pelo menos procure seguir a maioria deles e sempre com a ajuda e orientação de um profissional da Educação Física, pois assim vocês, que leram esta postagem, terão grandes benefícios na saúde e alcançarão suas metas e seus objetivos. Bom treino para todos!